Números e dados

Conheça a seguir os indicadores que demonstram o trabalho e dedicação de toda a equipe do Amparo Maternal para contribuir com novas histórias de amor entre mamães, bebês e suas famílias.

Internação Hospitalar em Leitos de Obstetrícia

Dentro do processo de Internação Hospitalar em Leitos de Obstetrícia, o Amparo Maternal proporciona à gestante:

•    Possibilidade de se movimentar, caminhar e se sentar, para facilitar o parto.
•    Possibilidade de se alimentar com líquidos ou alimentos leves.
•    Privacidade para a mãe e seu acompanhante.
•    Acesso a métodos para alívio da dor durante a evolução do parto, desde massagens até a analgesia. 
•    Realização da ausculta fetal (ouvir os batimentos cardíacos do bebê) e o controle dos sinais vitais da mãe, além de outros procedimentos necessários.
•    Escolha da melhor posição para o parto.
•    Contato imediato do bebê com a pele da sua mãe logo após o nascimento (se ela desejar), colocando-o sobre a sua barriga ou seios, de bruços e coberto de forma seca e aquecida. 
•    Corte do cordão umbilical apenas quando pararem as pulsações (de 01 a 03 minutos após o nascimento).
•    Estímulo da amamentação na primeira hora de vida.
•    Realização dos procedimentos de rotina no recém-nascido apenas após a primeira hora de vida (pesar, medir, vacinar etc.).

Em 2019, o Amparo Maternal realizou 6.194 partos, sendo 4.316 normais e 1.878 cesáreas.

Taxa de Cesárea

A Organização Mundial da Saúde (OMS) sugere que taxas populacionais de operação cesariana superiores a 10% não contribuem para a redução da mortalidade materna, perinatal ou neonatal. Contudo, considerando as características do Brasil, a taxa de referência foi ajustada pela OMS para que gire entre 25% e 30%.

No Amparo Maternal, a média de cesáreas realizadas em 2019 foi de 30%.

Realização de Incisões Ampliadoras do Canal de Parto (Episiotomia*)

As taxas de Episiotomia do Amparo Maternal estão sempre em números aceitáveis, já que é recomendado o seu uso seletivo. Estima-se que uma ótima frequência deve se situar entre 10% e 30% do total de partos vaginais.

Em 2019, a instituição realizou uma média de 12% de Episiotomias nas pacientes submetidas ao parto.

Taxa de Episiotomia - 2019

12%

*Episiotomia é uma incisão efetuada na região do períneo (área muscular entre a vagina e o ânus) para ampliar o canal de parto.

Presença de Acompanhante no Pré-Parto, Parto, Pós-Parto e Puerpério

A Lei 8.080/90 determina que os serviços de saúde, públicos ou particulares, são obrigados a permitir a presença, junto à mulher, de um acompanhante de sua escolha durante todo o período do trabalho de parto, durante o nascimento e no pós-parto imediato, em todos os serviços de saúde públicos e particulares.

O acompanhante é a pessoa escolhida pela mulher para estar ao seu lado em todos os momentos do parto e que, além de transmitir confiança, diminui significativamente as taxas de cesáreas, partos instrumentais e analgesia de parto.

 

Em 2019, o Amparo Maternal realizou 100% dos partos com a presença de um acompanhante indicado pela gestante, garantindo, assim, maior tranquilidade emocional nesse momento tão importante de sua vida.

Presença de 

acompanhante - 2019

100%

Aleitamento Materno na 1º hora de vida

O Aleitamento Materno é uma importante promoção de saúde e prevenção de doenças. Para a mãe, ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, reduzindo o risco de hemorragia no pós-parto; aumenta as reservas de ferro, evitando anemias; torna as mamadas noturnas e viagens convenientes; reduz a depressão pós-parto; colabora mais rapidamente para a perda de peso; é mais econômico; diminui as chances de câncer de útero e ovário; entre outros benefícios.

Já para o bebê, o Aleitamento Materno é mais nutritivo, com efeitos positivos na inteligência; evita diarreia e infecção respiratória; diminui riscos de alergia; pode evitar 13% das mortes em crianças menores de 05 anos em todo o mundo; reduz riscos de hipertensão, colesterol alto e diabetes em longo prazo; estreita o vínculo entre a mãe e o bebê, proporcionando à criança a oportunidade de aprender mais cedo a se comunicar com afeto e confiança; desenvolve a cavidade bucal da criança; entre outros aspectos positivos.

A média dos recém-nascidos amamentados na 1ª hora de vida no Amparo Maternal, em 2019, foi de 98%.

Aleitamento Materno na

primeira hora de vida - 2019

98%

Taxa de Satisfação do Cliente

Em 2019, 89,4% das pacientes internadas entrevistadas* avaliaram a assistência prestada pelo Amparo Maternal como ÓTIMA ou BOA.

Taxa de Satisfação Internação - 2019

89,4%

*No período, foram entrevistadas 93,7% das pacientes internadas (5.985 mulheres).

Taxa de Recomendação do Cliente

Em 2019, 97,4% das pacientes internadas entrevistadas* recomendariam o Amparo Maternal para outras gestantes.

Taxa de Recomendação Internação - 2019

97,4%

*No período, foram entrevistadas 93,7% das pacientes internadas (5.985 mulheres).

Doações

Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

Rua Napoleão de Barros, 1035

Vila Clementino - São Paulo

Informações:

doacoes@amparomaternal.org

Hospital Amparo Maternal

Rua Loefgren, 1901 - Vila Clementino

CEP: 04040-032 - São Paulo - SP

Telefone: (11) 5089-8277

Fax: (11) 5573-7253

SAC

Telefone: (11) 5089-8294

sac@amparomaternal.org